Vivemos em um momento desafiador. Nossa rotina foi quebrada, diversos desafios surgiram e novas formas de levar a vida nos foram apresentados repentinamente. Em momentos de estresse aumentado, muitas vezes pensamentos e sentimentos se tornam distorcidos diante da realidade. Sentimentos negativos e de desesperança sobre o mundo e o futuro podem vir a tona. 

Diante de toda esta situação é importante pararmos para pensar: como tem andado nossa saúde emocional? Quais cuidados temos dedicado a esse aspecto da vida, que interfere em todos os outros? Cuidar do nosso interior, dos nossos conflitos, sentimentos e pensamentos também é fundamental para uma boa saúde. 

O mês de Setembro é considerado o mês de prevenção ao suicídio (Setembro Amarelo), que tem como objetivo alertar as pessoas sobre esse mal, e levantar debates sobre os cuidados da saúde emocional. 

Sendo considerado um problema de saúde pública, para o qual não existe uma única causa ou uma única explicação, a prevenção é a maneira mais eficaz para evitar que suicídios e tentativas aconteçam. É uma situação que, além de ser evitável, tem tratamento e através da informação é possível ajudar outras pessoas que se encontram nessa situação.

O perigo da desinformação faz com que muitos acreditem que a depressão, uma das principais causas do suicídio, seja frescura, falta de Deus, desocupação ou uma forma de chamar atenção. Depressão é uma doença, que merece atenção, cuidado e tratamento.  

Ter empatia e evitar comentários pejorativos devem ser atitudes presentes em nosso dia a dia. Muitas vezes palavras negativas vão ao encontro de pessoas que necessitam de encorajamento, ânimo, atenção. Por isso é importante estar atento a comentários como: “Vou desaparecer” “Vou deixar vocês em paz” “Eu queria poder dormir e nunca mais acordar” “É inútil tentar fazer algo para mudar”.

 Saber identificar quando uma pessoa próxima não está bem, não banalizar a situação, não julgar nem fazer piadas, mostra empatia e cuidado. Além disso, é sempre importante orientar a procurar os canais de ajuda disponíveis como CVV (disque: 188) e a buscar ajuda profissional, porque apenas com acompanhamento poderá se ter conhecimento de qual o melhor tratamento a ser seguido. 

O acesso à informação e a conscientização sobre os cuidados da saúde mental  são um forte aliado no combate ao Suicídio. Faça parte deste movimento a favor da vida. Cuide de sua saúde emocional e apoie pessoas que necessitam desse cuidado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.