Na mídia: Confira a matéria do Jornal O Popular sobre automaquiagem

A maquiadora e professora do IESE Cursos, Fran Ribeiro, em entrevista para o Jornal O Popular revelou todos os segredos da automaquiagem.

0
184

Nasce uma make

Com a ajuda de profissionais da área, O Popular preparou um super tutorial que, além de desvendar os segredos da automaquiagem, reúne truques de aplicação e novidades.

Dentro da preparação de uma make, seja ela básica ou mais complexa, dificilmente não haverá um truque – daqueles que se aprende com as amigas, com as blogueiras ou em um dos muitos tutoriais espalhados pela internet. A lista de artifícios aumenta quando modelo e maquiadora são a mesma pessoa. Na intenção de criar uma espécie de guia de bolso da automaquiagem, o POPULAR, com o apoio de profissionais de beleza, criou um passo a passo para quem não quer ficar refém do salão. Além disso, reuniu dicas de aplicação e técnicas (como contorno da face e correções de imperfeições) e segredinhos que prometem facilitar a escolha dos produtos diante de tantas opções. De brinde, uma lista das novidades que estão fazendo a cabeça das apaixonadas por beleza. Confira:

1. Limpeza, tonificação e hidratação

Muito mais que um demaquilante, a água micelar é uma opção versátil para a limpeza do rosto, já que ela também purifica e reequilibra o pH da pele. Segundo a maquiadora Adriana Scagliusi, o produto melhora a aparência dos poros e prepara a pele para as etapas de tonificação e hidratação. “Quem sofre com oleosidade em excesso, pode optar por hidratantes com texturas levinhas, como os oil-free (feitos sem óleo vegetal). O importante é não deixar de hidratar a pele. Caso contrário, pode ocorrer o chamado efeito rebote, quando o organismo entende que precisa produzir ainda mais sebo cutâneo”, alerta, destacando ainda a importância de nunca abrir mão de um bom protetor solar.

2. Primer para uma pele aveludada

Apesar de já estar há algum tempo no mercado e ocupar o posto de queridinho na necessaire de quem é mais ligado ao mundo da maquiagem, o primer sucede o hidratante e ajuda a uniformizar o tom da pele que, em seguida, vai receber a base. “Ele disfarça os poros, criando uma película que deixa a pele ainda mais lisinha e aveludada. Além disso, atua como um escudo natural para oleosidade”, explica a maquiadora Savana Sá, ao destacar que já existem primers específicos para todos os tipos de pele. A dica é aplicar o produto com um pincel ou usando os dedos, dando leves batidinhas nos locais que precisam ficar mais uniformes – neste caso, o calor das mãos contribui para uma aplicação mais uniforme.

3. Base para uma pele natural

Defensora do aspecto natural da pele, Savana Sá conta que o segredo é apostar em produtos específicos. “Enquanto as oleosas combinam com bases de acabamento seco, as maduras respondem melhor a texturas finas, que não marcam as linhas de expressão. E as secas necessitam de opções com consistência hidratante”, ensina. Outra orientação diz respeito à aplicação do produto: para cobertura mais pesada, pincéis densos e para um acabamento mais leve, os feitos de duo fiber. As esponjas funcionam melhor com bases cremosas. “Uma dica valiosa é borrifar água termal ao longo do processo de maquiagem, o que vai garantir uma maior hidratação da pele.”

4. Corretivo: multifuncional

O corretivo é um grande aliado de quem sofre com olheiras e manchas. Mas, segundo a maquiadora Ana Graziela Portela, o produto também serve para iluminar áreas estratégicas do rosto, como pálpebras, dorso do nariz e laterais da face. A profissional, que ministra aulas de automaquiagem no Senac Goiás, explica que, apesar de chegarem ao mercado com indicações para diferentes tipos de pele, os corretivos cremosos são os mais indicados para quem vai se automaquiar. “Eles espalham mais facilmente e não marcam as linhas de expressão”, explica. Outra dica é ir contra a corrente e aplicar o corretivo antes da base; assim, até as mais inexperientes vão conseguir finalizar a pele com uma cobertura uniforme.

5. Duo de pó: compacto e translúcido

Na teoria, o que diferencia o pó compacto do translúcido são a cor e a textura. Enquanto o primeiro tem consistência mais firme e pode ser encontrado em diferentes tonalidades, o segundo é fino, leve e sem pigmentação – o que deixa a pele com um efeito matte. Mas, para Ana Graziela Portela, a distinção vai além. “Por deixar a pele pesada, o pó compacto caiu em desuso”, garante. Sua dica é apostar no translúcido que, além de proporcionar um visual mais natural, garante a fixação da make e é um curinga para peles oleosas. A aplicação é feita sempre com pincel, nunca com esponja, de forma comedida para evitar que o produto fique visível.

6. Ilumina, querida!

A dica para quem não abre mão do iluminador – produto que ressalta áreas específicas, como a maçã do rosto, o canto interno do olho e a parte superior do lábio, vem da maquiadora Vanessa Rozan. À frente do canal Maquia e Fala, ela explica que a escolha do tom (pérola, rosê ou dourado), da textura (cremoso ou pó) e do local onde o produto será aplicado, sempre antes do blush, vai depender do objetivo de cada mulher. Se a intenção é realçar a lateral do rosto, o iluminador vai na lateral externa dos olhos. Se o desejo é enfatizar o olhar, o produto vai logo abaixo da sobrancelha. Ele também pode ir no contorno superior da boca ou na ponte do nariz, nunca na ponta. “O tom ideal é aquele que mais se aproxima da cor da sua pele. Texturas mais fluidas são para o dia e as cremosas, para a noite”, ensina, enquanto se automaquia.

7. Blush, meu crush

O segredo aqui é o bom senso – seja na hora de escolher a tonalidade (que vai do rosa-pink ao dourado, passando pelo bronze e salmão), a quantidade aplicada ou o local que receberá a chamada “cor da saúde”. O produto é um dos queridinhos de Vanessa Rozan, que ensina os truques do blush. “Passe o pincel sobre o blush e retire o excesso de produto dando uma batidinha no dorso da mão com o pincel. Isso vai ajudar a ter mais controle sobre a intensidade da cor e o resultado final. Aplique o produto na parte alta das maçãs do rosto e esfume bem o produto na pele. Comece com pouco e vá adicionando mais, conforme achar necessário, repetindo o processo de aplicação.”

8. Delineado e esfumado

Entre as poucas unanimidades do universo da maquiagem está a relação entre um delineador perfeito e a máxima “a prática é amiga da perfeição”. Sendo assim, não adianta espernear: o famoso risquinho só sairá perfeito depois de muitas tentativas. A boa notícia é que as grandes marcas vêm colocando no mercado produtos que prometem facilitar o desafio, como delineadores em caneta. Errou? O segredo é apelar para a dupla cotonete e base – nunca demaquilante. O traço também pode ser feito com sombra e pincel chanfrado. Para as amantes do esfumado, a dica da maquiadora Fran Ribeiro é passar um lápis preto ou marrom bem macio na base dos cílios superiores e depois esfumar com um pincel. “O truque é esfumar em movimentos circulares de vai e vem, retirando as marcações nas bordas”, ensina a profissional, que também ministra cursos de automaquiagem no Instituto de Ensino em Saúde Estética.

9. Um pop star chamado rímel

Um dos itens mais importantes da maquiagem, o rímel é presença obrigatória nas necessaires femininas – seja para quem ama o efeito cílios postiços ou para quem quer apenas realçar, naturalmente, o olhar. Nos dois casos, a dica do maquiador George Luna, é começar aplicando a máscara na horizontal, o que dará volume na raiz dos cílios. “Em seguida, aplique no sentido vertical, o que resultará num efeito alongado. Para finalizar, aplique novamente na horizontal, levantando os fios”, ensina. A dica para não borrar a sombra é cobrir a pálpebra com dedo enquanto passa a máscara de cílios. “Por fim, nunca aqueça a máscara ou o curvex com secador e jamais aplique o curvex quando a máscara estiver seca nos cílios. Esses truques podem fazer com que os pelos quebrem.”

10. Batom

Para finalizar a produção: sua majestade, o batom. Segundo a maquiadora Suelem Martins, uma dica é esfoliar os lábios antes de aplicar o produto. “É possível utilizar um esfoliante próprio ou optar por um feito para o rosto, que seja de grânulos mais suaves. Após o processo, aplique um balm hidratante ou um protetor labial por alguns minutos. Deixe agir e só depois passe o batom. A técnica vai evitar que alguma pele se solte e descasque após a aplicação da cor”, orienta.


Pra ficar de olho

Bruma, o novo hit das blogueiras

Por conta da baixa umidade do ar, manter a pele do rosto hidratada não é uma tarefa tão simples. Por isso, nesse período é comum recorrer à água termal, produto que começa a dividir espaço com a bruma, que promete refrescar a face a cada borrifada e pode ser usada antes, durante e depois da maquiagem.

Primer também para os lábios

Além do facial, existem outros dois tipos de primer: para a pele da boca e dos olhos. Enquanto o labial serve para hidratar e preparar a boca para receber o batom, o dos olhos garante maior duração e fixação das sombras.

Isso aqui vai render

Corretivo ressecado, base cremosa demais, rímel que endureceu antes de acabar. Para resolver tais problemas, agora é possível recorrer aos diluidores de maquiagem: um líquido incolor que ajuda a diluir produtos cremosos e líquidos, além de deixar as coberturas mais naturais, sem alterar suas tonalidades.

Sombra liquida

Produto de longa duração, e que deixa a produção com ar profissional, a sombra líquida permite esfumados e efeitos “borradinhos” que ficam lindos e podem ser feitos em segundos. Por ser superpigmentada, uma camada já é suficiente para cobrir a pálpebra toda. Depois, é só esfumar com um pincel macio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.