Cuidados com a pele durante o inverno. Veja quais

Mesmo morando em um país tropical como o Brasil, quem mora principalmente no Sul, sabe que o inverno é uma época de muitas cobertas e casacos, banhos quentes e em alguns lugares até de temperaturas abaixo de zero.

0
197

Durante o inverno os cuidados com a pele devem aumentar pois a redução na umidade do ar e nas temperaturas ocasionam uma queda na transpiração corporal e, por consequência, a pele fique mais seca.

Esses fatores associados à temperatura elevada da água do banho, que ajuda a remover a oleosidade natural da nossa pele, são responsáveis pela desidratação e ressecamento. Outro agravante é que a pele seca tem maior tendência ao envelhecimento precoce.

Por isso, é necessário investir em hidratantes para manter a pele sempre bonita e saudável.

Para uma correta hidratação é importante utilizar produtos com bases biocompatíveis (formulados com óleos vegetais), pois esses têm maior permeação e são estruturalmente semelhantes ao manto hidrolipídico da derme, ou seja, são compatíveis com a pele.

É importante verificar ainda se o hidratante está livre de xenobióticos, como os parabenos, que ressecam a pele, e o óleo mineral, que entope os poros e dificulta a permeação de ativos.

Aqueles que apresentam excesso de oleosidade ou acne, devem utilizar hidratantes oil free, principalmente no rosto e tórax, para evitar a piora dos sintomas.

Cuidar dos lábios é imprescindível já que eles também sofrem com o ressecamento, ficando rachados e descamando. O ressecamento piora com a saliva, desta forma, evite ficar passando a língua pelos lábios e lembre-se de usar um protetor labial.

Ainda é importante manter-se hidratado, ingerindo pelo menos 2 litros de água por dia, e sempre aplicar o protetor solar, pois mesmo no inverno o sol queima e estamos em contato cotidianamente com a luz visível (aquela dos equipamentos eletrônicos, como TV, celular, computador, etc).

O inverno é o período mais propício para realização de procedimentos estéticos em que o paciente deve evitar a exposição solar, como peelings e tratamentos a laser. Então, aproveite os meses de junho, julho e agosto, para realizar esses protocolos.

FONTEBlog Buona Vita
Artigo anteriorCuidados com a pele no verão. Veja quais
Próximo artigoTudo o que você sempre quis saber sobre Micropigmentação
Dr.ª Ana Carolina Teixeira
(Experiência de 10 anos na área da saúde estética) Graduada em fisioterapia – UNIP – GO Pós Graduada em fisioterapia dermato funcional – CDCS – GO Pós Graduada em gestão, desenvolvimento e tecnologia de cosméticos – IPOG – GO Certificações nacionais e internacionais Diretora técnica da TUDO BELO Estética – GO Diretora técnica do IESE (Instituto de Ensino em Saúde Estética) – GO Ministra cursos de aprimoramento profissional Consultora técnica BUONA VITA – GO Palestrante da TONEDERM – Nacional Docente do módulo de Aperfeiçoamento Prático Corporal da pós graduação Instituto ELIGO em Saúde Estética – Nacional Docente do módulo de Pré e Pós Operatório em Cirurgia Plástica da pós graduação EUROAMERICA em Estética – Nacional Docente do módulo de Eletroterapia Aplicada á Estética I da pós graduação RTG em Saúde Estética – Nacional

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.